Terapêutica »

Fitoterapia

A história da fitoterapia confunde-se com história da farmácia, em que até o século passado medicamentos eram basicamente formulados à base de plantas medicinais. O descobrimento das propriedades curativas das plantas foi, no início, meramente intuitivo ou através da observação dos animais que quando doentes, buscavam nas ervas cura para suas afecções.

Em 1873, o egiptólogo alemão George Ebers encontrou um rolo de papiro. Após ter decifrado a introdução, ele foi surpreendido pela frase "Aqui começa o livro relativo a preparação de remédios para todas as partes do corpo humano". Provou-se mais tarde que esse manuscrito era o primeiro tratado médico conhecido.